Feliz Dia do Professor

A gente nunca se esquece deles. O tempo passa, mas não leva as mudanças que eles nos proporcionaram. Todo mundo sabe do valor de um bom professor embora poucos pais desejem a profissão para seus filhos. Apesar de reconhecermos o quão difícil é a missão de educar e ensinar, permitimos a desvalorização dos profissionais da educação.

Os professores são mal remunerados e muitas vezes apontados como os culpados pelo fracasso do ensino no país e mesmo assim não desistem e continuam apaixonados pelo trabalho. A reflexão sobre estes cruéis aspectos da educação no Brasil foi levantada várias vezes pelo famoso educador e filósofo brasileiro Paulo Freire que nos deixa a reflexão de que “se a educação sozinha não transforma a sociedade, sem ela, tampouco, a sociedade muda”. Feliz Dia do professor.

As bolas de papel na cabeça,
Os inúmeros diários para se corrigir,
As críticas, as noites mal dormidas…
Tudo isso não foi o suficiente
Para te fazer desistir do teu maior sonho:
Tornar possíveis os sonhos do mundo.
Que bom que esta tua vocação
Tem despertado a vocação de muitos.
Parece injusto desejar-te um feliz dia dos professores,
Quando em seu dia-a-dia
Tantas dificuldades acontecem.
A rotina é dura, mas você ainda persiste.
Teu mundo é alegre, pois você
Consegue olhar os olhos de todos os outros
E fazê-los felizes também.
Você é feliz, pois na tua matemática de vida,
Dividir é sempre a melhor solução.
Você é grande e nobre, pois o seu ofício árduo lapida
O teu coração a cada dia,
Dando-te tanto prazer em ensinar.
Hoje queremos de forma especial, relembrar
A pessoa maravilhosa que você é
E a importância do seu ofício.
É por isto que você merece esta homenagem
Hoje e sempre, por aquilo que você é
E por aquilo que você faz.

Ao mestre com carinho

Ai, gente. Pense numa data que dá uma saudade imensa de um monte de gente legal que já passou pela minha vida e ao mesmo tempo uma revolta pela atual situação em que se encontram esses amados. Dia do professor é assim mesmo pra mim (Daiane). Fico pensando em como estarão todos (tá, nem quase todos, tem sempre um ou outro que passam sem marcar as nossas vidas, né?), quantos outros alunos já foram privilegiados por conhecerem esses figurinhas e desfrutarem do extenso conhecimento acadêmico e, principalmente, de vida desses super-heróis. São homens e mulheres com superpoderes para enfrentar uma difícil realidade da educação (pública) brasileira.

Eu sempre estudei em escola pública (com exceção do ensino superior) e sei bem das inúmeras dificuldades encontradas. Já tive aulas em baixo de árvore porque ninguém suportava o calor da abafada e minúscula sala de aula. Comi sopa, polenta e até arroz com feijão fornecido pela escola em caneca porque o colégio não tinha prato (ah, isso quando tinha caneca e não precisávamos levar de casa). E na época em que as coisas começaram a melhorar tínhamos um lindo laboratório de química que não era utilizado por falta de materiais e instrumentos (e sabe-se lá se ele já foi usado um dia).

Somado a toda falta de infraestrutura professor ainda tem que aguentar aluno mau educado, pais mais maus educados (que defendem os erros dos filhos), gestão ineficiente, salário miserável e falta de valorização profissional. Enfim, não é fácil ser mestre. Mas mesmo assim eles não desistem da luta (ainda bem!).

Ah, lembram do vídeo da professora Amanda Gurgel, que alcançou mais de dois milhões de acessos no Youtube? A mulher soltou o verbo em uma audiência pública, na Assembleia Legislativa, sobre a situação da educação no Rio Grande do Norte e fez questão de mostrar o contracheque de seu salário de apenas R$ 930,00. Na última eleição ela foi a candidata a vereadora mais votada de Natal com a promessa de defender a destinação de 30% do Produto Interno Bruto para a educação. Agora é torcer para que seu discurso possa se transformar em ações concretas. Boa sorte professora.

E você, que histórias de superação tem para compartilhar com a gente sobre a situação da educação pública em nosso país?

Feliz Dia do Professor!!!